Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

GDF Contra a Dengue
{latest}

ESPORTE | BRASILEIRÃO - FLAMENGO x INTERNACIONAL: Indignado com a derrota, Vice-Presidente do Internacional desabafou ameaçando abrir os portões do estádio Beira Rio para a torcida colorado, na ultima partida do Brasileirão.

João Patricio Hermann elogiou postura dos jogadores, reiterou que o título ainda é possível e detonou atuação de Raphael Klaus na expulsão d...

João Patricio Hermann elogiou postura dos jogadores, reiterou que o título ainda é possível e detonou atuação de Raphael Klaus na expulsão de Rodinei

Inter perdeu no Maracanã | Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

A expulsão de Rodinei no começo da segunda etapa deixou a direção colorada indignada com o árbitro Raphael Klaus. Após a derrota do Inter por 2 a 1 para o Flamengo, o vice-presidente do Inter, João Patricio Hermann, disparou palavras fortes contra a equipe de arbitragem e prometeu da diretoria ir até a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para analisar os áudios do VAR. 

“Quem estava aqui no estádio hoje viu uma das maiores vergonhas dos últimos tempos. O Inter foi surrupiado. O árbitro mudou o critério que ele vinha adotando. Os jogadores deles falaram que não foi falta. Amanhã vamos a CBF ouvir esse VAR e vamos ficar mais atentos ainda. Já tivemos um sinal muito atento do jogo do Vasco do Gama. Novamente hoje fomos prejudicados de uma forma absurda”, acusou Hermann. 

O dirigente também direcionou suas críticas à diretoria flamenguista pela maneira como trataram os colorados. “É uma vergonha, o Flamengo não precisa disso, é um grande clube. Sem contar que colocaram mais de 50 e 60 pessoas tentando condicionar a arbitragem”, apontou. “O que assistimos aqui foi uma atitude varzeana.” 

Dirigente desabafa "vontade de liberar torcida no Beira-Rio"

Indignado, ele respondeu à provocação se poderia liberar as cadeiras para os colorados em Porto Alegre. "Eu tenho vontade de liberar o Beira-Rio para toda a torcida. Se o presidente deixar eu vou liberar. Pois tivemos uma atitude inaceitável do Flamengo", desabafou.

Para além da arbitragem, Hermann vê o campeonato ainda em aberto e pede que o torcedor colorado siga acreditando. “O Flamengo pode até tentar ser campeão, mas será muito díficil. Ainda não acabou”, disse, destacando a confiança no grupo colorado. “Pode ter certeza, a gente não vai desistir.”

Mesmo com o resultado deste domingo, o Inter pode ser campeão na última rodada, caso vença o Corinthians, no Beira-Rio, e o Flamengo não supere o São Paulo, no Morumbi. Os dois jogos estão marcados para as 21h30min de quinta-feira.   

FONTE: CORREIODOPOVO.COM.BR

EDIÇÃO:

REDAÇÃO DO GRUPO

 

Nenhum comentário